Visualizar:

▼ Postagens (2)
  • SALTIMBANCOS TCJ JABORANDI-BA

    10

    Dez
    10/12/2010 às 11h24

    SALTIMBANCOS

    Na trama, os quatro animais se revoltam com as obrigações impostas por seus patrões.
    O jumento – cansado de tanto trabalhar sem recompensa alguma – decide fugir para a cidade, almejando um emprego como músico. No caminho, encontra um cachorro, na verdade mais um animal desiludido com seu antigo dono, pois sempre estava atrelado às suas ordens e nunca tinha nenhum tipo de reconhecimento.

    O jumento, sensibilizado pela história do seu “quase igual”, convida o novo companheiro para segui-lo em direção à cidade. Pouco depois, no mesmo caminho, os dois encontram uma galinha, que não colocava mais ovo e a gata que não suportava continuar presa. Rapidamente, os quatro ficam juntos em busca do sonho de virarem músicos. Depois de muito caminhar, chegam à Pousada do Bom Barão, onde imaginavam poder descansar. Porém era proibida a entrada de animais e para a surpresa de todos, os seus ex-donos encontram-se lá dentro. A partir daí, juntos, eles decidem enfrentá-los. Como diz a letra da canção: “O Animal é tão bacana, mas também não é nenhum banana”.

    Revisitando “Os músicos de Bremen”, dos Irmãos Grimm, os autores atualizam as personagens, fazendo com que pensem e comentem suas ações. Cantando, emocionando e fazendo rir, os quatro animais, cada um com uma história de rejeição, apresentam seus talentos e defeitos: o jumento é paciente; a galinha, teimosa; a gata é muito esperta e o cão é leal.

    “Durante o meu percurso como diretora tenho tido a oportunidade de montar vários clássicos infantis, essa experiência me ensinou a respeitar o núcleo das histórias, pois no núcleo se encontra o que faz a história ultrapassar as barreiras do tempo e se tornar uma obra de arte. Com a engenhosidade e a sensibilidade de Alexandre Elias e um novo elenco de primeiríssima qualidade, tenho certeza que a nossa montagem proporcionará a essa geração um novo espetáculo dos Saltimbancos, como de 1977, inesquecível!”, resume Cacá Mourthé.

     

  • Ensaio Do TCJ

    10

    Dez
    10/12/2010 às 11h20

Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2017 XPG | Siga esta corrente